Agro News

12/03/2018

Gestão de estoque: 5 dicas para não deixar faltar produtos na sua revenda de insumos agrícolas

Uma boa gestão de estoque evita grandes transtornos para a revendedora de insumos agrícolas

Um cliente chega a uma revenda de insumos agrícolas em busca de determinada mercadoria com certa urgência e, quando faz o pedido, ele tem a seguinte resposta: “Acabou em nosso estoque, volte depois!”. Provavelmente, devido à necessidade urgente, ele vai a outra revenda agrícola e a primeira terá perdido uma venda (ou até um cliente).

A falta de mercadoria e produtos em revendas de insumos agrícolas é mais recorrente do que você imagina, e o principal motivo é a gestão do estoque não realizada corretamente.

Você, como dono de revenda agrícola, não quer dar essa desagradável resposta ao seu cliente, certo? Então é melhor que você faça uma boa gestão de estoque, garantindo que não exista a falta de produtos. Para ajudá-lo, preparamos 5 dicas para que você tenha estoque disponível nas proporções desejáveis, garantindo a satisfação do seu cliente. Acompanhe.



1 - Cadastre todos seus produtos

O estoque é considerado o ativo mais importante para toda revenda de insumos agrícolas, representando uma parte relevante do capital de giro do negócio, chegando a praticamente 45% do total. A gestão do estoque é saber controlar o dinheiro e fazê-lo render, seja comprando em quantidades suficientes para aproveitar bom preço ou reduzindo o estoque no período de menor saída.

Assim, é importante que você dê o primeiro passo. Conheça todo seu estoque, saiba quais são seus produtos, e, para isso, é essencial que você tenha o cadastro de todos eles. Isso vai facilitar as ações do dia a dia da sua revenda, como a formatação do preço e promoções, além do controle da validade dos produtos.



2 - Conheça suas mercadorias: saiba quais têm alta e baixa demanda



Você já ouviu falar sobre o termo Saneamento do Estoque? Ele é uma ação complementar ao cadastro das mercadorias presentes, baseado na identificação de produtos com nenhuma saída ou que estão com vencimento próximo do prazo e, ainda, aqueles que já são obsoletos e ainda estão no estoque, dando o correto destino para eles.

É com o saneamento desse estoque (e desse investimento) que você vai conseguir fazer liquidações com promoções. Investimento em marketing e propaganda também são facilitados, chamando a atenção do produtor rural e fazendo com que ele compre mais (até os produtos obsoletos).



3 - Não deixe seu dinheiro parado: mantenha a quantidade certa de insumos baseada no ciclo produtivo da agropecuária

Como falamos, estoque em excesso significa dinheiro parado. Para amenizar essa possibilidade, e fazer a correta gestão de estoque, a dica é que você conheça a região que sua revenda agrícola atua, as principais culturas nela exploradas e, principalmente, sua sazonalidade.

Historicamente, a sazonalidade da produção afeta empresas de venda de insumos agrícolas. Isso ocorre, pois a busca por adubos, inseticidas, fungicidas, sementes, dentre outros, apresenta uma queda natural no período de entressafra, afetando diretamente o fluxo de caixa das empresas do ramo e, consequentemente, a receita.

Assim, na entressafra, é interessante que a sua gestão de estoque defina uma quantidade baixa de produtos, caso contrário, representará dinheiro parado. Em contrapartida, no inicio do plantio, por exemplo, a procura é intensa, por isso se torna importante que sua gestão de estoque preveja os o atendimento aos pedidos de todos seus clientes. Contudo, ter um estoque elevado também é complicado devido ao controle mais difícil e necessidade de um armazém grande, e nossa próxima dica irá ajudá-lo a resolver este problema.



4 -  Negocie com seu fornecedor o recebimento de insumos com maior frequência

Uma maneira bastante eficiente de fazer a gestão de estoque e manter a constância de produtos na sua revenda é manter um bom relacionamento com seus fornecedores, garantindo que estes ofereçam a mercadoria regularmente, principalmente aquelas que você precisa receber quase que semanalmente. Mantendo o recebimento regular de alguns insumos, você garante menor quantidade estocada em sua loja e essa ação trará diversas vantagens, como:





  • - Menor necessidade de espaço físico;




  • - Controle de estoque facilitado (devido à menor quantidade de mercadoria);




  • - Garantia de maior validade dos produtos;




  • - Alto giro de mercadoria;





5 -  Tenha um software de gestão de estoque para auxiliar e facilitar suas atividades

Gestão de estoque

Como vimos a gestão de estoque deve ser diária, porém essa tarefa não é tão fácil, ficando ainda mais complicada quando você precisa tomar a frente de diversas outras atividades dentro da revenda agrícola (parte financeira, pessoal, compras, marketing, dentre muitas outras). Para ajudá-lo, é importante que você tenha um software de gestão de estoque, que irá automatizar e facilitar essa atividade.

Ao automatizar essa gestão, você fica mais tranquilo com relação à rotatividade dos insumos. Bons softwares para controle de estoque permitem acompanhar o histórico das movimentações, o controle de lote e validade, além do gerenciamento de reservas e até ter contato direto com o fornecedor, quando houver a necessidade.

Siga essa dicas e nunca deixe faltar produto na sua revenda: isso é pré-requisito para garantir a satisfação e fidelização do seu cliente.



Fonte: Multitécnica



 


Veja também